Neste blog fala se de Sintra Falar de Sintra é: falar de um dos maiores concelhos do país, é falar do concelho com mais habitantes na area metrpolitana de Lisboa e como tal uma peça chave no seu desenvolvimento.
08
Jun 10
publicado por falardesintra, às 15:56link do post | comentar

A pensar na eliminação das Barreiras Arquitectonicas, a câmara Municipal de Sintra desenvolveu à muito o projecto casa acessivel.

De acordo com o regulamento a que o blog: Falar de Sintra teve acesso o programa casa acessivel pretende intensificar esforços na eliminação das barreiras arquitectónicas e promover a acessibilidade de todos os munícipes com mobilidade reduzida tornando assim vida das pessoas com mobilidade reduzida mais facil

 

 

 

 

 

 

O mesmo regulamento refere ainda que o mesmo encontra de acordo com os decretos - lei existentes
Sem duvida um bom exemplo da daquilo que deve ser a integração, acrescente ainda que o municipio depõe ainda de transporte para pessoas com mobilidade reduzida, o que, contrasta com as operadores de transporte público de passageiros que teimam em mão adequar ou a não adequar de forma correcta os seus autocarros de modo a que estes possam ser utilizados por pessoas com mobilidade reduzida.
As operadoras de transporte público que tem este comportamento para alem de estarem a trangedir normas europeias revelam um claro comportamento descriminatório.

publicado por falardesintra, às 11:59link do post | comentar

 

A população alvo do problema são as pessoas portadoras de deficiência. Nos últimos anos tem havido uma crescente preocupação em integrar na sociedade portuguesa as pessoas portadoras de deficiência, no entanto as barreiras arquitectónicas nomeadamente aquelas que se encontram em edifícios ou zonas de acesso público, constituem um obstáculo a essa integração, na medida em que a maioria dos edifícios não se encontram acessíveis, impedido assim uma integração plena. 

 

 

A promoção da acessibilidade constitui um elemento fundamental na qualidade de vida das pessoas portadoras de deficiência, sendo um meio importante para que as pessoas com dificuldades físicas possam exercer os seus direitos sentindo - se assim, membros de pleno direito numa sociedade democrática.

Compete desse modo ao Estado realizar as acções necessárias que tenham como finalidade assegurar os direitos das pessoas com mobilidade reduzida, pessoas que no seu dia – a - dia se confrontam com barreiras que as impedem de ter uma participação cívica activa e integral, resultante de factores permanentes ou temporários, de deficiências de ordem intelectual, emocional, sensorial, física ou comunicacional.

Do conjunto das pessoas com mobilidade reduzida fazem parte, as pessoas que se encontram em cadeiras de rodas, pessoas incapazes de andar ou que não conseguem percorrer grandes distâncias devido a problemas de locomoção, pessoas com problemas sensoriais, cegas, ou pessoas que estejam temporariamente condicionadas, nomeadamente idosos ou mulheres grávidas.


04
Jun 10
publicado por falardesintra, às 09:56link do post | comentar

No concelho de Sintra, tal como em outros concelhos do nosso país,  há um excesso de clubes.

Cito alguns"1ºDezembro, Sintrense, Sporting de Lourel", cito apenas estes tres clubes pois situam no perimetro urbano de Sintra.

Para quê tantos clubes?

 

 

 

Não poderia a haver apenas um clube?

Claro que podia, compreendo que estes clubes que citei e outros que se encontram no concelho tenham dezenas de anos, mas é preciso ter em conta que muitos sobrevivem ligados a maquina ou seja a custa de subsidios dados pelo municipio.

Neste momento em que atravessamos uma grave crise financeira, numa altura em que as autarquias estão endividadas, não será altura de cortar nesse pequeno capricho?

Vejamos o que neste momento acontece ao Estrela da Amadora, aquilo que que outrora foi um clube de extrema importancia do ponto de vista social, pois agregava a sua volta vários estratos sociais, estratos esses que viam no clube uma forma de união, é hoje um clube moribundo cujo barco a muito meteu agua e cuja salvação é impossivel

 

 

E impossivel porquê?

E impossivel porque a cidade da Amadora cresceu, modernizou se, diversificou se, as pessoas que outrora olham para o clube envelheceram e as gerações seguintes não são cidadãos da Amadora mas sim do mundo, para muitos a Amadora é apenas um sitio onde dormem depois de terem vindo do seu mundo.

Sintra nos ultimos anos ganhou e perdeu muita coisa e certamente ainda ira perder muitas outras coisas.

Em minha opinião não faz sentido que que haja tantos clubes a menos que eles se consigam auto- financiar o que não é o caso para a maioria deles


mais sobre mim
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO